Equipe

5. Depoimentos Diversos

  • Ákila Júnia Arruda Arcanjo

    Estagiar no CELIN é uma experiência um tanto quanto enriquecedora e formativa. Poder contar com uma equipe que oferece suporte ao professor, que o motiva, que busca formá-lo e auxiliá-lo em suas dificuldades é de extrema importância para que nos tornemos profissionais mais capacitados e aptos a lidar com as dificuldades da carreira docente.

    O estágio no CELIN me permitiu, crescer, amadurecer e aprender com meus erros, com as experiências vividas em sala, com as histórias e ideias compartilhadas pelos outros professores membros da equipe, bem como através de toda a orientação e formação que recebemos. Serei eternamente grata por tudo aquilo que aprendi através do CELIN, que se preocupou sempre com a minha formação não apenas profissional, mas também humana. 


  • Brenda Lana de Carvalho Salgado

    (ALUNO DO TTC - Teachers' Training Course)

    It is not enough to just do college to be a teacher, it is necessary to form the identity of such professional. In the sea of opportunities offered by UFV, Celin emerges as a fairy godmother to fulfill my dream as a child, offering me many tools so I can become a great professional and be a better person. Celin will allow me to grow and deconstruct the unpleasant idea of teaching of the next generations, so they, as me, may proudly say ''I am a teacher''. 


  • David Aponte Acosta

    A curiosidade é o que nos inspira para aprender; a aprendizagem mútua é o que mantém esta curiosidade. O CELIN não somente me ensinou como manter a curiosidade dos meus alunos, mas também me inspirou para aprender através das aspirações deles e motivá-los para ampliar os seus conhecimentos da minha língua nativa. Em 2011, eu estudei na Universidade Federal de Viçosa como intercambista. Sou porto-riquenho, mas fui criado nos EUA. Devido à minha participação no CELIN como professor, não somente ensinei inglês, mas também melhorei o meu nível de português. Compreendi a língua dos meus alunos e as dificuldades gramaticais e estruturais que eles enfrentaram; neste aspecto, eu concebi as suas lógicas e como, exatamente, eles relacionam outra língua a sua própria. Eu atribuo as lições supracitadas que adquiri na minha vida cotidiana, quer seja num intercâmbio casual com um estrangeiro, quer numa interação com um grupo de pessoas que procura aprender e/ou melhorar o seu inglês. Orgulhosamente, eu digo que os meus alunos foram a minha maior motivação. Tive a oportunidade de compartilhar com estudantes universitários da minha própria idade e de promover e implementar atividades interculturais. A língua vai além das palavras; vai na compreensão das várias culturas que a constitui. O CELIN ajudou-me a apreciar a língua em si e como nos une não somente como seres humanos, mas como alunos diários. Graças ao mesmo, ganhei uma grande e inequívoca perspectiva, a qual me fez apreciar ainda mais o Brasil. Obrigado a Dra. Ana, a Dra. Hilda, a Douglas e a todas as secretárias do CELIN por esta oportunidade. Agradecendo-lhes profundamente, apresento os meus melhores cumprimentos. Saudações da Flórida!

     

    Julho de 2013.


  • Isabela Santos Bertoli

    Ser secretária no que é considerado o melhor estágio para Secretariado Executivo da UFV é, antes de tudo, uma honra. Grande parte da profisisonal que sou hoje eu devo ao CELIN. Foram quase dois anos de aprendizado intenso e profundo. Agradeço imensamente a minhas colegas de secretaria e a aos professores que me ajudaram ao crescer e aprender muito além de uma rotina secretarial. O CELIN me proporcionou apresndizados para a vida!
    Àqueles que estão atuando ou que ainda terão a chance de atuar no CELIN, desejo de coração que possam aproveitar tanto dessa oportunidade quanto ela foi valiosa pra mim!

    Setembro de 2016.


  • Isadora Xisto Campos

    Hoje completo quatro meses morando nos Estados Unidos, na cidade de Arlington no estado da Virginia, um lugar lindo, que fica somente a alguns minutos da capital, Washington Dc e onde estou tendo momentos maravilhosos.
    Escrevo hoje com um carinho e uma saudade enorme de cada um da equipe CELIN e pra poder fazer alguns agradecimentos que já deviam ter sido feitos antes.
    Cada dia aqui tem sido de muito aprendizado e de batalhas diarias, mas estas seriam muito mais dificeis se eu nao tivesse tido a oportunidade de crescimento que obtive no CELIN.
    Comeco agradecendo a Ana, por ser pra mim, um exemplo de sabedoria, de inteligencia, de carater e de profissional. A Hilda, por ser esse amor de pessoa sempre e por ter sido uma das professoras que ainda no colegio me incentivou a gostar de ingles e assim chegar onde estou hoje. Ao Rafael Barcellos por todo o conhecimento ensinado, dedicacao e humildade. A cada secretaria, Isabela, Larissa, Nina, Isis por fazerem do impossivel possivel para nos ajudar. A Ádini pela amizade, carinho, compreensao e suporte em toda minha caminhada. Por ultimo mas nao menos importantes os meus colegas de trabalho, com quem compartilhei momentos impares e me ajudaram em cada etapa desse crescimento, o meu MUITO obrigada e o desejo de sucesso constante.
    Espero voltar em breve e poder continuar ajudando a construir essa historia linda.

    See you soon,
    Isadora Xisto.

     

    Setembro de 2015.


  • Ísis Ferreira Lima Beviláqua

    Antes de tudo, gostaria de deixar claro que passar no Processo Seletivo do CELIN é praticamente a realização de um sonho. Justamente porque já se sabe que o aprendizado é gigantesco. Além de tudo que aprendemos e das novas ferramentas que conhecemos, a convivência com o "CELIN Team" é maravilhosa e engrandecedora. Toda a equipe é muito dedicada e dá orgulho de ver tudo funcionando com o ritmo que só esse estágio pode proporcionar. Além de tudo isso, uma das maiores oportunidades que tive foi a de aprimorar as habilidades da Língua Inglesa, convivendo com estadunidenses e organizando eventos temáticos junto deles. O que resume minha passagem pelo CELIN é gratidão. Foi uma oportunidade ímpar. Sinto saudade de tudo e de todos e os conhecimentos que obtive são e serão levados pela vida toda.
     
     
    Setembro de 2016.

  • Julia Neves Chálabi

    Desde março deste ano estou morando em Belo Horizonte e cursando o mestrado da UFMG em Estudos Literários, mais especificamente Literaturas de Expressão Inglesa. Estou adorando a oportunidade e acredito estar crescendo muito pessoalmente e profissionalmente! A UFV foi parte essencial neste processo acadêmico e pessoal, e o CELIN está inserido nesta minha caminhada, onde lecionei de 2007 até 2010, se não me falha a memória! O CELIN não foi a minha primeira experiência profissional, mas foi nele que pude experienciar de fato um contexto mais acadêmico, com o qual mais me identifico. Foi no CELIN também que recebi liberdade pedagógica para experimentar e buscar conhecer e exercer meu estilo de lecionar.  Lá a convivência e a troca com colegas, secretárias e coordenadoras mostrou-se muito enriquecedora. Foi muito estimulante sentir a confiança que o curso tinha em mim e no meu trabalho. Pude me sentir mais segura profissionalmente e ampliar meus conhecimentos da língua e de como ensiná-la. Certamente a temporada no CELIN foi uma vivência muito importante na minha trajetória e lembrarei sempre com muito carinho. 

    Novembro de 2011.


  • Lilian Emanueli Marques

    Meu estágio no CELIN teve três etapas: 1ª) abril/2004 a dezembro/2005 (saí para intercâmbio - Gadsden/EUA); 2ª) outubro/2006 a novembro/2007 (saí para cumprir Estágio Supervisionado); e 3ª) março a julho/2008. Ser estagiária na secretaria do CELIN significou muito aprendizado. As atividades, desde as de rotina de secretaria, tais como atendimento telefônico e ao público, até as atividades mais complexas, como contabilidade e gerenciamento de sistema de informações, a exemplo do banco de dados do Access (e tive ainda a oportunidade de participar do processo de migração deste sistema para outro automatizado e online), foram muito importantes para minha formação profissional. Ao longo de minha estada no CELIN aprendi também a organizar eventos, a receber e orientar estudantes e professores internacionais e, principalmente, a trabalhar em equipe, ou seja, tive a oportunidade de colocar em prática o que aprendi nas disciplinas e aulas teóricas durante minha graduação e sair da UFV uma profissional apta ao mercado de trabalho. Hoje, sou Secretária Executiva na UFMG e sou Mestre em Ciência da Informação, também pela UFMG, e pretendo dar continuidade à minha carreira acadêmica. Espero, com minha experiência, tanto no mercado de trabalho quanto na vida acadêmica, poder contribuir para a pesquisa na área de Secretariado Executivo e também para as áreas interdisciplinares ao nosso curso.
     
     
     
    Junho de 2013.

  • Luisa Bourjaille

    Os dois anos em que trabalhei no CELIN me renderam muitas lições que incentivaram o meu crescimento não só profissional como também pessoal. Ensinar e aprender requer a habilidade de saber lidar com mudanças, a fim de nos aprimorarmos cada vez mais. Antes a aceitação de aprender com o erro para então conseguir abrir a cabeça para as novas ideias, e nesse sentido reflexão é fundamental. Esse foi um dos meus maiores aprendizados enquanto estive no CELIN. Além disso, vivenciar uma sala de aula me fez perceber de uma maneira mais real as dificuldades e necessidades dos alunos, e ao mesmo tempo as minhas como professora. Isso abriu portas pra diversos questionamentos e despertou ainda mais o meu interesse pela profissão. Tenho forte admiração pela Língua Inglesa e continuo estudando, no momento na Irlanda, o que tem sido uma experiência enriquecedora. No meu dia a dia  tenho aprendido muito e buscado ainda mais, quanto mais sei mais percebo o quão infinito é aprender, o que não deixa de ser muito gratificante. A oportunidade de experienciar uma sala de aula de Língua Inglesa iniciou-se no CELIN e tem refletido constantemente no meu desenvolvimento como professora da língua.

    Novembro de 2011.


  • Luiza Amália Soares Franklin

    Quando ingressei no curso de Secretariado Executivo da UFV, e busquei informações sobre os estágios disponíveis, fui informada de que o CELIN era a melhor opção. Ainda caloura, iniciei meu estágio no CELIN - que durou de junho de 2010 a junho de 2012 - e fui entendendo porque eu estava no melhor estágio da universidade. Aprendi a lidar com o público; tive uma ótima experíência em trabalhar em grupo; e apliquei meus conhecimentos aprendidos no curso. O apoio que tive das coordenadoras, da equipe da secretaria e até dos professores me proporcionaram muito aprendizado, em todas as áreas possíveis, desde organização de eventos até arquivística, além dos procedimentos rotineiros de secretaria. Sou muito grata ao CELIN por 2 ótimos anos de trabalho! Fica a dica para os próximos: CELIN é a melhor opção de estágio da UFV!
     
    Outubro de 2013.

  • Mayara Cunha Sousa

    Desde quando entrei no curso de Secretariado Executivo, ouvia falar muito bem do CELIN (bom lugar para estagiar na UFV, com muitos eventos, atividades inerentes à profissão, colegas companheiros) e sempre tive vontade de trabalhar lá. Estagiei de julho de 2010 a dezembro de 2011, quando formei. Pude experimentar uma rotina de muito trabalho, realizando atividades que foram muito importantes para o meu crescimento. Mesmo sob a orientação das coordenadoras, tínhamos autonomia para a realização das tarefas e podíamos dialogar a respeito da melhor maneira de dar andamento aos projetos. Presenciei mudanças positivas no funcionamento da secretaria e fico feliz em dizer que pude contribuir para a realização delas. Além disso, tive o apoio das coordenadoras do curso quando me ausentei para fazer intercâmbio na Colômbia. Também tive a oportunidade de criar grandes amizades, que permanecem presentes até hoje. E o que fica comigo, além do aprendizado, é a saudade e o orgulho de ter sido parte da equipe do CELIN!
     
     
    Junho de 2013.

  • Nina Diniz de Castro

    Não há escola melhor do que aquela que nos faz conhecer a nós mesmos. Essa é a marca que o CELIN deixou na minha vida. Mais do que conhecimentos acadêmicos, profissionais e interpessoais, o presente que ganhei foi a oportunidade de crescer, experimentar e constatar que podemos ser tudo aquilo a que nos propusermos, desde que envolva amor e dedicação. Sou grata por cada momento e cada pessoa que contribuiu significativamente para construir quem eu me tornei hoje. Desejo que todos possam aproveitar igualmente essa escola e extrair dela força e confiança para enfrentar qualquer novo desafio! "Your big opportunity may be right where you are now" - Napoleon Hill.
     
    Setembro de 2016.

  • Patrícia Lacerda Faria Rocha

    Tudo começou quando decidi participar do TTC (teacher’s training course) como forma de recuperar a fluência perdida, ainda sem grandes pretensões. Ao final do curso preparatório, percebi que havia sido aprovada e começaria a dar aulas no período seguinte, isto é, no primeiro semestre de 2006. Ainda durante as aulas do TTC, percebi que tal preparação seria fundamental para a carreira que, desde então, tinha a certeza de que seguiria. Durante a prática em sala de aula, pude realmente entender o que significava ser professora de inglês, desde a elaboração dos planos de aula, até a maneira de me relacionar com os alunos. Enfim, todas essas questões puderam ser colocadas em prática nesse período de estágio. As lições aprendidas foram valiosas não apenas no que diz respeito ao ensino de línguas, mas também em relação à prática pedagógica em geral. Permaneci trabalhando nos mais variados níveis até o segundo semestre de 2009, sempre muito grata a tudo que pude aprender no celin. Atualmente, leciono inglês para turmas de primeira e segunda séries no Cap-Coluni.

    Novembro de 2011.


  • Renan Araújo Gomes

    Cumpri no CELIN o Estágio Supervisionado, como parte das obrigações relativas ao último período do Curso de Secretariado Executivo. Acredito que o melhor e mais desafiante aspecto inerente a essa incrível experiência foi a oportunidade de exercer o trabalho em equipe. Digo ‘em equipe’, pois, dentro do nosso campo de relações profissionais, pudemos executar atividades tendo a sinergia como o principal meio de alcance e superação de objetivos. Além disso, posso afirmar que o trabalho em equipe constituiu espaço igualmente propício para a criação de laços de amizades duradouros, com pessoas maravilhosas, cujo prazer da relação mantenho até os dias de hoje.
     
     
     
    Junho de 2013.

  • Thiago Marcel Moyano

    Fui estagiário do CELIN entre os anos de 2006 a 2008 e depois de um ano, em 2009 e 2010. Assim, pode-se dizer que a extensão foi concomitante à quase toda minha graduação na UFV. Fico muito feliz de poder escrever um pouco sobre essa experiência: desde o Teaching Training Course à vivência de sala de aula, acredito que este laboratório tenha cumprido com um de seus principais objetivos na formação dos alunos de letras do DLA. As disciplinas do curso propiciam um espaço vital de leitura e discussão  de questionamentos que perpassam a profissão a qual estamos nos preparando, mas ter a oportunidade de se ver na posição de professor ao longo desse percurso me ajudou bastante a compreender e a elaborar as reflexões do meu eu-aluno.  Além de ter tido a chance a aprender muito com meus alunos (de áreas diferentes na universidade), também posso dizer que o CELIN me deixou à vontade com o ambiente e todas as mais diversas situações que uma aula pode gerar: acho que o Centro de Extensão nos ajuda, alunos de letras, a construir uma identidade de professor, bem como uma postura profissional que certamente tem me gerado bons frutos. Depois da formatura em agosto de 2011, me despeço de Viçosa para ingressar em um programa de mestrado de São Paulo. Seguindo essa estrada acadêmica, tenho certeza que também continuarei dando aulas de inglês, me aprimorando, certamente, mas sempre reconhecendo os passos dados até aqui. 

    Novembro de 2011.